terça-feira, 15 de junho de 2010

Mães na patinação

por Débora Fogliatto
Gostaria de aproveitar esse espaço para dizer que as gurias do Wirbel estão vendendo as melhores trufas do mundo. Hoje mesmo eu já comi duas (o que foi um erro, visto que eu planejava emagrecer). O objetivo da venda das trufas é arrecadar fundos para futuras viagens do clube. Apesar de estarem sendo um sucesso, sabemos que elas não são o suficiente - a patinação é um esporte caro e bancar viagens vai exigir mais do que isso.
Mesmo assim, acho que as trufas representam muito bem o que eu quero dizer. Representam o esforço que as crianças estão fazendo para que consigam realizar seus sonhos. E o esforço que seus pais também estão fazendo. As mães das gurias da equipe têm posto muito empenho em vender lanches nos treinos, organizar eventos para arrecadar dinheiro, conseguir ginásio e, é claro, vender trufas. Mas elas fazem muito mais. Juntamente com os pais, também transportam as crianças para os treinos, tiram do seu próprio bolso uma boa parte dos gastos com campeonatos e, o mais importante, incentivam suas filhas a continuar no esporte e a treinarem cada vez mais.

Iria contra tudo o que eu aprendi como monitora do clube deixar de mencionar que a ajuda das mães, apesar de sempre bem-vinda, é necessária apenas fora da quadra. Não estou aqui querendo ofender nenhuma mãe, muito pelo contrário. Estou querendo dizer a elas que, no nosso clube, elas não precisam se preocupar com o que suas filhas acertam ou deixam de acertar, com o que estamos ensinando a elas. Infelizmente, em alguns lugares é necessário sim observar o que está sendo mostrado a suas crianças, pois elas podem acabar tendo problemas físicos ou deixarem de gostar do esporte por falta de novos aprendizados. Mas no Wirbel a relação entre mães e professoras pode ser muito pacífica: pedimos apenas que elas acreditem no nosso trabalho.
Quando mães se unem a técnicas para o melhoramento de seus filhos, os resultados são ótimos.
A relação de harmonia, confiança e ajuda mútua estabelecida é exatamente o que as atletas precisam para evoluir cada vez mais. Se todas as mães forem como as que temos atualmente na equipe, que incentivam e fazem de tudo para que suas filhas sejam cada vez melhores, com certeza os resultados serão positivos.

Um comentário:

Mundo da Patinação disse...
Este comentário foi removido pelo autor.